29 de abr de 2003

A VERDADE SOBRE A GLOBALIZAÇÃO

Og Leme
do Instituto Liberal do Rio de Janeiro


Ao contrário do que propala a mentirosa campanha da "esquerda" contra a abertura comercial dos países, a assim chamada globalização tem gerado indisfarçáveis benefícios para os que dela participam, ainda que alguns possam ganhar mais do que outros. Os países sub-desenvolvidos e em fase de crescimento não são exceções, isto é, têm igualmente participado desses benefícios. Isso não quer dizer que todos os países menos evoluídos economicamente tenham se beneficiado da globalização; os que não têm tido benefícios são exatamente aqueles que não se têm aberto para o intercâmbio mundial.

O parágrafo anterior resume a tese do livro In Defence of Global Capitalism, escrito por um jovem sueco de nome Johan Norberg e editado pela instituição liberal sueca Timbro, 2001, 291 páginas. A Timbro é a mesma editora que lançou o livro The Sorrows of Carmencita, de Maurício Rojas, uma excelente análise do drama recente vivido pela Argentina e que será lançado no Brasil, nos próximos dois a três meses, pelo IL do Rio de Janeiro.

O autor, Johan Norberg, é um especialista em história dos ideais e tem publicado livros sobre direitos humanos e liberalismo clássico. Sua tese sobre as vantagens da liberdade econômica interna e no comércio mundial é escrita em linguagem de fácil leitura e calçada em extensa documentação estatística.

Destaco os quatro pontos principais do novo livro de Norberg:

1. Com o livre comércio e o capitalismo, a pobreza e as desigualdades estão tendendo a diminuir no mundo.

2. Nos países em desenvolvimento que mais têm avançado na liberalização comercial tem havido também maior redução da fome e outras formas de privação do que nos outros países.

3. Os salários e as condições de trabalho no Terceiro Mundo estão melhorando em parte devido às empresas multinacionais.

4. Os mercados financeiros livres internacionais têm sido mais eficazes do que a ajuda ao desenvolvimento no combate à pobreza.

O livro de Norberg tem influenciado fortemente o debate entre os suecos sobre os reais efeitos da economia de livre mercado e da globalização. O IL está cogitando lançar futuramente o livro de Johan Norberg. Enquanto isso não acontece, as pessoas interessadas em lê-lo poderão fazê-lo recorrendo ao exemplar em inglês existente na biblioteca do Instituto.

Encerro, traduzindo o conceito de Norberg sobre capitalismo: "[...] é a economia de livre mercado, com o seu sistema de livre concorrência baseado no direito de cada um de usar sua propriedade, a liberdade de negociar para fechar contratos e iniciar atividades empresarias. Estou defendendo, então, é a liberdade individual na economia".

Og Leme é Economista, Doutor em Economia, professor e diretor do IL do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: